Música

  A música é uma das maiores paixões que tenho na vida e, honestamente, não sei como alguém não se pode sentir contagiado pelo toque solene de uma bela melodia.
  A música atinge a alma de uma maneira que eu mal consigo explicar, desde o rock, ao metal, passando pelo reggae e acabando no jazz, os géneros são quase infinitos e dificilmente, ao longo da vida, não somos tocados pela sua enorme força e significado.
  Não é complicado elaborar uma lista de diferentes músicas que marcaram um determinado período das nossas vidas, que quer pela sua melodia distinta, ou pela sua letra com a qual nos identificamos, nos cativaram, nos prenderam e dessa forma associamo-las a determinados acontecimentos.
Quem nunca ouviu uma música enquanto pensava em alguém especial?
Quem nunca se sentiu em baixo e ligou a rádio para deitar a angústia toda cá para fora ou simplesmente ganhar forças?
Quem nunca ouviu uma melodia tão bela que nos deixa numa espécie de transe?
Quem nunca ficou fascinado pela congruente e harmoniosa relação entre diferentes instrumentos?
  Música para mim é vida, numa das suas mais puras e geniais formas.
 
 



Deixo-vos com esta soberba actuação de Hans Zimmer e Johnny Marr.
Admiro o trabalho de Hans Zimmer desde que o conheci devido à banda sonora do filme Pearl Harbor e
desde aí que considero que a sua música
é todo um novo nível de magnificência.
♥ feelin': Inspirada
publicado por C. às 19:36 | link do post | comentar