Regrets

2 posts num dia só.
 Porquê? Porque acontecem coisas que nos levam a arrependermo-nos de determinadas coisas que fazemos.
Porquê? Porque penso mais com o coração do que com a cabeça.
Se a ingenuidade matásse acho que já estaria morta, porque é que acredito sempre que as coisas podem mudar? porque é que espero sempre o melhor das pessoas, quando estas não estão dispostas a dar o melhor que têm?
Sim, é triste quando alguém que conheces torna-se alguém que conhecias, e por vezes é complicado adaptarmo-nos à nova realidade. Esperas algo de alguém, agarraste ao passado com todas as tuas forças, à pessoa que costumavas conhecer porque tens demasiado medo de admitir que as coisas nunca voltarão a ser o que eram.
E quando queres, finalmente, deixar esse passado ser apenas isso, um passado, uma memória, existe sempre algo que não to deixa fazê-lo. Algo ou alguém... que não te deixa seguir em frente, construir um novo futuro, um novo caminho, um novo destino (porque eu acredito que o destino somos nós que o fazemos). Mas porque é que tem de ser assim? Se não existem motivos, se é tudo só «porque sim».
Estou cansada de me sentir como a segunda opção, ser aquilo a que te apoias quando não tens mais ninguém e ao mesmo tempo aquilo que não deixas ir porque certa parte de ti não sabe se estaria a tomar a decisão correcta em fazê-lo.
Estou farta de condições, de «eu queria...», de incertezas. Passei por coisas demais, fiz sacrificios gigantes para pôr certas coisas para detrás das costas. E se eu um dia olhar para trás saberei que fiz tudo o que estava ao meu alcance, enquanto tu cometes os mesmos erros over and over again. E hoje foi mais um desses dias, e por estou aqui a escrever agora.
Não posso mais apontar os mesmos erros, estou exausta, no sentido literal da palavra. Não posso ser eu a carregar todos os fardos enquanto tu fazes o que bem te apetece sem pensares uma única vez em mim.
Preciso, por uma vez na vida, de alguém que olhe por mim, que goste mesmo de mim (não bastava dizê-lo, tinhas de mostrá-lo...). Não posso mais olhar pelos dois, pelo relacionamento a que tu cortaste as asas. Por isso, não me cortes as minhas, eu preciso de voar.
My head says:
«Who cares?»
and then my heart whispers:
«You do, stupid...»
 
I'm done caring.
 
♥ feelin': desiludida, sozinha, triste.
♪: Journey - Faithfully
publicado por C. às 22:39 | link do post | comentar